Alunos espancam e jogam cachorro do segundo andar de escola em Canoas

O animal foi socorrido e levado para ser examinado por um veterinário da cidade.

A violência contra o mascote de uma instituição de ensino localizada no bairro Mathias Velho, em Canoas, na região Metropolitana, comoveu estudantes e professores.

Nesta quarta-feira, dois adolescentes de 13 e 16 anos, agrediram a chutes e pontapés um cachorro vira-lata que vivia há algum tempo nas dependências do colégio, que não teve o nome divulgado pela Polícia Civil. Para completar o ciclo de agressões, eles jogaram o animal do segundo pavimento do prédio. Professores socorreram o cão, ainda com vida, e o levaram a atendimento veterinário. Não há informações sobre o estado de saúde do animal.


De acordo com o delegado regional da 2ª Delegacia de Polícia Regional Metropolitana (2ª DPRM), Mario Souza, após serem acionados, os policiais foram até a instituição, apreenderam os menores em flagrante e o conduziram à Delegacia de Proteção a Criança e ao Adolescente de Canoas. “Foi uma crueldade absurda. A queda foi de cerca de sete metros. Os dois assumiram o que fizeram, inclusive coletamos a informação que, depois de terem cometido a série de agressões ao animal, ameaçaram professores e outros alunos próximos”, detalha.

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é 73c3bfa731f0541d8c08291c59841799-1024x533.jpg

A crueldade dos adolescentes, segundo Souza, chama atenção. “Não é comum um caso desse tipo, com tamanha violência. Cometeram maus tratos simplesmente para agredir, por pura maldade”, pondera.

Testemunhas contaram aos policiais que a dupla mantém o hábito de maltratar cães soltos pela cidade. “Os pais dos envolvidos serão chamados à delegacia para que possam colaborar com o caso”, disse. Os agressores vão responder um ato infracional por crueldade contra animais e ameaça.

Operação Arca

Souza frisa que a Operação Arca é permanente na regional. “Quando chegamos havia muitas denúncias de maus tratos de forma geral, então resolvemos montar a inteligência e apurar, imediatamente, toda denúncia que chega.”

Denúncias podem ser feitas à Polícia Civil através do telefone 3425-9063 ou pelo WhatsApp 98459-0259.

A Arca atua nas cidades de Canoas, Esteio, Sapucaia do Sul, Eldorado do Sul, Guaíba e Nova Santa Rita.

2 comentários em “Alunos espancam e jogam cachorro do segundo andar de escola em Canoas

  • 6 de junho de 2019 em 20:51
    Permalink

    Bando de pragas, tomara que alguém faça o mesmo ou pior com esses filhos do cão ! Demônios !

    Resposta
  • 9 de junho de 2019 em 22:33
    Permalink

    Isso é crueldade.Esses menores tem que ser apreendidos mesmo.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *