Cachorro castrado com canivete e sem anestesia alta e se recupera em casa em Araraquara

Tratamento veterinário ficou em mais de R$ 1 mil e mobilizações na internet ajudaram no pagamento, afirma filho de dona. Casal suspeito de maus-tratos foi multado em R$ 6 mil.

O cachorro vira-lata Stike que foicastrado sem anestesia após escapar de casa, em Araraquara (SP), recebeu alta da clínica veterinária na qual estava internado desde quinta-feira (6). Um casal suspeito de maus-tratos, que é vizinho da dona do animal, foi multado em R$ 6 mil.

https://www.facebook.com/VidaPetNews/

Anderson José Alves, filho da dona, disse ao G1 que o cão já está se adaptando e comendo, mas ainda está traumatizado. “Ele fica assustado com presença masculina, ele fica tremendo”, disse.

Stike teve que passar por uma cirurgia de reconstrução da área atingida. “Ficou mais de R$ 1 mil o tratamento”, afirmou. Alves disse ainda que as doações vinda de mobilizações nas redes sociais ajudaram no pagamento da clínica veterinária.

Castração sem anestesia

Segundo o boletim de ocorrência, a castração aconteceu na noite de quinta-feira (6), quando o cachorro escapou e foi para a casa do vizinho, pois a cadela dele estaria no cio.

O casal teria liberado a entrada do animal até o fundo da casa, onde ele teria sido amarrado e seus testículos retirados sem anestesia.

Cachorro está internado após ser castrado sem anestesia pelo vizinho em Araraquara — Foto: Arquivo pessoal

Cachorro está internado após ser castrado sem anestesia pelo vizinho em Araraquara — Foto: Arquivo pessoal

Segundo o vigilante, sua mãe ligou para ele contando que a vizinha havia avisado por telefone que o marido dela havia castrado o cachorro. Alves foi até a casa da mãe e encontrou o animal com o ferimento aberto na rua.

Casal foi multado

Em depoimento à polícia, o casal contou que fez a castração com um canivete e negou que tenha feito o procedimento sem a anestesia.

Eles foram autuados pela Polícia Ambiental e receberam multa de R$ 6 mil, na tarde desta sexta-feira (7).

Segundo eles, foi dado ao cachorro uma espécie de anestésico para dormir e não foi preciso amarrar o animal. Ao finalizar, o casal passou um remédio no corte antes de soltá-lo. O G1 não conseguiu localizar os dois.

Casal nega que amarrou cachorro para castrar e afirma que deu espécia de anestésico Araraquara (SP) — Foto: Arquivo pessoal

Casal nega que amarrou cachorro para castrar e afirma que deu espécia de anestésico Araraquara (SP) — Foto: Arquivo pessoal

Maus-tratos

Pela lei nº 9.605/98, praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos pode resultar em prisão de 3 meses a um ano e multa. A pena é aumentada de um sexto a um terço, se ocorre morte do animal.

Em dezembro do ano passado, o Senado aprovou um projeto que aumenta para até quatro anos a pena para quem maltratar animais. A pena pode aumentar em até um terço (mais de um ano) se o animal morrer. O texto seguiu para análise da Câmara dos Deputados.

2 comentários em “Cachorro castrado com canivete e sem anestesia alta e se recupera em casa em Araraquara

  • 11 de junho de 2019 em 05:24
    Permalink

    Nossa e tanta crueldade q agente so le por denuncia.revolta.e enterrar animal e sem anestesia e tantas .meu Deus lei 4 anos e pouco.tadinhos deles td isso porq pegam e depois n querem .e tb mtos tem e maltratam.misericoria a estes anjos.

    Resposta
  • 11 de junho de 2019 em 19:12
    Permalink

    Nós brasileiros que amamos animais clama por leis mais severa, multas depois de mutilar um animal indefeso cadeia é pouco

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *