Meninas desenvolvem projeto para arrecadar ração para animais abandonados em Sorocaba

Uma professora e quatro alunas de 12 a 13 anos de um colégio particular de Sorocaba (SP), criaram o grupo ‘Fada dos Animais’, com o objetivo de ajudar os animais abandonados.

Nina Bressane, Laura Shibata, Maria Eduarda, Beatriz Gomes e Maria Clara Moraes idealizaram o projeto em 2015, por iniciativa própria, contando com o apoio da pedagoga Lygia Veccina.

Além de arrecadar doações, as meninas ajudam e organizam feirinhas de doações de filhotes e animais adultos. “Nós começamos arrecadando rações para cães e gatos, materiais de higiene, remédios, tudo dentro da escola”, conta a pedagoga.

A iniciativa foi inspirada no projeto ‘Disney Cidadania’ que incentiva o público a criar projetos voltados para o bem-estar da sociedade, como viver de forma saudável, cuidar do meio ambiente, fortalecer as comunidades e fomentar a criatividade e inovação.

Segundo Lygia, logo no início o grupo firmou uma parceria com uma pessoa ativa na causa animal, o que foi muito importante para o desenvolvimento das ações.

“A Mônica Gabriel nos apoiou logo cedo, ela foi a nossa primeira parceira em uma ação de adoção no colégio. Doamos 16 animais, entre gatos e cachorros, em 2015”, afirmou.

A professora ainda revelou que a iniciativa será inscrita em um projeto da Universidade de Campinas (Unicamp) sobre práticas de humanização com e para a liberdade, com o objetivo de evidenciar as práticas pedagógicas, educativas e de humanização das pessoas no mundo escolar e na sociedade.

As garotas também já foram até uma universidade de Sorocaba conversar com médicos veterinários e, em seguida, repassaram as informações aos colegas. Além disso, as meninas receberam o chamado ‘Diploma do Bem’ da Fundação Alexandra Schlumberger, voltada à causa animal.

Nos anos seguintes, mais arrecadações de ração e materiais de limpeza foram levantadas. A professora conta que o grupo planeja uma ação por ano e, no momento, está procurando uma parceria com um espaço para realizar mais uma edição da campanha.

Para Nina Bressane, uma das participantes da iniciativa, é importante fazer parte logo cedo de uma causa animal. “Eu acho que no futuro, quem sabe, podemos crescer junto com o projeto, talvez até abrir uma ONG”, disse.

Fonte: G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *