Mulher é multada em R$ 54 mil após maltratar 18 cachorros em SP

Segundo a Polícia Militar Ambiental, os cachorros foram encontrados em uma residência.

Uma mulher foi multada em mais de R$ 50 mil por ter causado maus tratos a 18 cachorros em Cananeia, no litoral sul de São Paulo, informou a Polícia Militar Ambiental nesta quinta-feira (28).

Segundo a corporação, os agentes foram acionados na Rua Andrelino de Oliveira, no bairro Acaraú, após uma denúncia que relatava os maus tratos. Ao chegarem no local, os policiais entraram em contato com a dona do imóvel, Tatiane Marques Costa, que permitiu a entrada na residência.

Ainda de acordo com a Polícia Militar Ambiental, logo na entrada da casa foi possível encontrar sete cachorros em estado de vulnerabilidade, sujos, magros, sem comida e água, além de estarem com alguns ferimentos e sarnas.

Os cachorros foram levados em um veterinário da cidade de Canenéia, SP, e, depois, registrados em uma ONG — Foto: Divulgação/Polícia Militar Ambiental

Os cachorros foram levados em um veterinário da cidade de Canenéia, SP, e, depois, registrados em uma ONG — Foto: Divulgação/Polícia Militar Ambiental

Quando os agentes chegaram aos fundos da residência, encontraram mais onze cachorros nas mesmas condições dos primeiros. A corporação informou que todos os animais foram levados para um veterinário, que disponibilizou alimento e assistência médica.

Após isso, os cachorros foram registrados em uma Organização não Governamental (ONG) da cidade de Registro, no Vale do Ribeira, interior de São Paulo, onde receberam mais cuidados e, posteriormente, estarão disponíveis para adoção.

A dona do imóvel foi encaminhada para a delegacia de Cananéia e foi multada em um valor de R$ 54 mil. O caso segue sendo investigado pela polícia.

A Polícia Militar Ambiental encontrou 19 cachorros em situação de vulnerabilidade em imóvel de Cananéia, SP — Foto: Divulgação/Polícia Militar Ambiental

A Polícia Militar Ambiental encontrou 19 cachorros em situação de vulnerabilidade em imóvel de Cananéia, SP — Foto: Divulgação/Polícia Militar Ambiental

Os cachorros foram levados em um veterinário da cidade de Canenéia, SP, e, depois, registrados em uma ONG — Foto: Divulgação/Polícia Militar Ambiental

Os cachorros foram levados em um veterinário da cidade de Canenéia, SP, e, depois, registrados em uma ONG — Foto: Divulgação/Polícia Militar Ambiental

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *